Escolas Profissionais

As Escolas Profissionais surgiram para dar respostas aos grande paradigmas que o sistema de educação português apresentava no final da década de 80. Aliando a componente da educação e da formação, as Escolas Profissionais formavam então, tal como agora, atendendo às especificidades das diversas profissões e respondendo, através da sua acção, aos grandes anseios das famílias, ao permitirem o acesso ao mundo do trabalho e ainda o prosseguimento de estudos dos seus jovens membros.

Actualmente todas as formações profissionalizantes de dupla certificação e nível III, promovidas pelas Escolas Profissionais, permitem o prosseguimento de estudos no ensino superior, e assim que transpostas as provas de ingresso, a frequência do curso é facilitada pelos conhecimentos técnicos adquiridos no ensino profissional e uma vantagem em relação a outras modalidades de educação.

“O IEDP sendo uma escola pequena torna-se mais acolhedora, visto que, lidamos com alunos de outras turmas com muita frequência, fazendo de nós, não uma escola, mas uma grande família. O IEDP prepara-nos devidamente para o futuro, fazendo de nós potenciais profissionais. Os professores são 5 estrelas. Mais que professores são amigos, com os quais podemos contar para nos apoiarem nos melhores e piores momentos.”

(Luis Ferreira, TGPSI -16)

“O IEDP deu-me a possibilidade de acabar os estudos num ambiente mais aberto e positivo. Melhorei a minha média e o curso está a ser um sucesso. Os professores são excelentes e as infra-estruturas também. Tudo isto faz com que o IEDP seja uma das melhores escolas profissionais”

(Emanuel Santos, TGPSI -15)

“Escolhi o IEDP porque tinha o curso que eu queria. Estou no curso profissional de técnico de apoio à infância e adoro o curso e adoro crianças. Esta escola tem apresentado mais valias para o meu futuro profissional, tais como Workshops.”

(Marta Sousa, TAI-16)

“Escolhi esta escola, porque tem o curso que queria e pelas saídas que esta escola tem a nível de profissional.”

(Ana Catarina Lopes, TAI-16)

“Escolhemos esta escola (IEDP) porque tem o curso que eu tirei no 9.º ano e achei interessante das continuidade. A psicóloga da minha escola antiga aconselhou-me esta escola como uma óptima preparação a nível futuro, quer a nível escolar, quer a nível profissional, uma vez que tem imensas saídas e óptimos estágios.”

(Fernanda Conceição, TAI-16)

“Se formos para a faculdade, podemos ter mais dificuldade  na Matemática,

 mas na componente técnica estamos à vontade, sem qualquer dificuldade.

Os conhecimentos que levamos da Escola Profissional vão servir na faculdade e

vão ajudar a ter boas notas em todas as cadeiras voltadas para a prática…”

(Carlos Lage, finalista 12.º ano)

“Os alunos das Escolas Profissionais, na área técnica deste curso têm um desempenho fantástico.

Nesta Escola são dados muitos conteúdos de cursos superiores, por isso, os nossos alunos

fazem a área técnica com muita facilidade e depois têm excelentes notas.

Eu própria fui estudante de uma Escola Profissional, e não só tirei uma licenciatura,

como me encontro a fazer um mestrado.”

(Vera Reis – Professora do IEDP)

As Escolas profissionais promovem também a inserção dos seus alunos no mercado do trabalho, obtendo resultados muito satisfatórios nesta matéria. De facto, mais de 80%  dos finalistas das Escolas Profissionais encontram-se, em 2008, a trabalhar ou numa solução de formação (inclusive ensino superior), um ano após o final do curso.

“A nossa escola tem muita facilidade em colocar os alunos a trabalhar,

depois de concluído o estágio profissional. À semelhança da maioria das Escolas Profissionais

que constituem referências para o sector, todos os nossos alunos são colocados em

empresas credíveis e cerca de 45%, recebem logo propostas de trabalho,

que muitos não aceitam porque querem ir para o ensino superior.”

(Helena Fernandes – Gestora da Formação)

Os cursos promovidos pelas Escolas Profissionais, constituem pois uma vantagem para todos os que procura a adequação da sua formação ao mundo do trabalho, permitindo a dupla certificação dos jovens, e ainda o prosseguimento de estudos. As Escolas Profissionais são hoje parceiros respeitados no campo da Educação, e o serviço público que prestam está a contribuir decisivamente para a prevenção do abandono escolar, o sucesso educativo dos jovens e o desenvolvimento da inovação, em todos os campos do saber.